CALENDARIZAÇÃO DAS ATIVIDADES/EVENTOS NA BIBLIOTECA

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

BOAS FESTAS





A Biblioteca Escolar deseja a todos votos de BOAS FESTAS.





Sugestões de leitura:



Onde vamos papá?, de Jean-Louis Fournier. Um livro marcadamente autobiográfico com uma abordagem inaudita sobre a deficiência mental e que cativará todos os leitores.




 A porta do tempo, de Ulysses Moore.
Em Kilmore Cove, na Cornualha, existe uma antiga mansão que se ergue no topo de um recife e que esconde inquietantes mistérios. Jason e Julia, dois irmão gémeos de onze anos, são os seus novos habitantes....


Como é que eu seria no tempo dos meus avós?, de Jacqueline Wilson.

Com o ano letivo à porta a vida de Charlie está a mudar radicalmente... para pior! Primeiro a mãe perde o emprego; depois são as amigas que quebram o voto anti-rapazes e, para o cúmulo dos cúmulos, apaixonam-se por eles...




                                               BOAS LEITURAS!

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

A Amnistia e os DIREITOS HUMANOS


  No passado dia 3 a Biblioteca Escolar e a disciplina de História proporcionaram aos alunos um encontro com a Amnistia Internacional - Portugal. Neste encontro foram debatidas as temáticas da Discriminação, Refugiados e Migrantes.
    No final da Sessão os alunos envolveram-se na atividade "Maratona de Cartas" que serão enviadas para diferentes locais do mundo  por forma a fazerem cumprir os direitos de diferentes cidadãos.

   Podes participar nesta atividade, para isso basta ir ao site da Amnistia e participar na Maratona de Cartas. 
Clica no link.
http://www.amnistia-internacional.pt/liberdade/ 

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

ELA (Encontros Literários do Alentejo)




Biblioteca Escolar, disciplina de História e Aminstia Internacional

 Sessão educativa para o 3.º ciclo no  dia 3 de dezembro pelas  14h na sala GG,  sobre a temática: 
Discriminação, Refugiados e Migrantes.


"TODOS OS SERES HUMANOS NASCEM LIVRES E IGUAIS EM DIGNIDADE E EM DIREITOS"

1º artigo da Declaração Universal dos Direitos Humanos

segunda-feira, 3 de novembro de 2014


Participa na 12ª campanha da TAIPA e oferece brinquedos novos ou usados (mas em boas condições)  que serão depois distribuídos pelas crianças do concelho entre os dias 18 e 23 de dezembro.

PARTICIPA!

Entrega os brinquedos na Biblioteca Escolar e ajuda nesta campanha solidária.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

1 DE OUTUBRO, DIA MUNDIAL DA MÚSICA





A comemoração deste dia foi instituída em 1949  pelo International Music Council, que foi fundado pela UNESCO (United Nation Education, Scientific and Cultural Organization - Organização das Nações Unidas para a Educação,a Ciência e a Cultura).O objetivo desta comemoração é essencialmente promover esta arte (MÚSICA) tendo sempre presentes os ideais da paz e da amizade.

"ONDE AS PALAVRAS FALHAM, A MÚSICA FALA".

     Hans Christian Andersen, escritor de Literatura Infantil


"A MÚSICA PODE MUDAR O MUNDO PORQUE PODE MUDAR AS PESSOAS".

     Bono, músico irlandês e vocalista da banda rock  U2


"A PARTE BOA DA MÚSICA É QUE QUANDO ELA TE ATINGE, NÃO SENTES DOR NENHUMA".

     Bob Marley, cantor,  guitarrista e compositor jamaicano.
     O mais conhecido músico de reggae de todos os tempos.


"MÚSICA É O TIPO DE ARTE MAIS PERFEITA: NUNCA REVELA O SEU ÚLTIMO SEGREDO".

      Oscar Wilde, escritor  e dramaturgo irlandês.


"A MÚSICA EXPRESSA O QUE NÃO PODE SER DITO EM PALAVRA MAS NÃO PODE PERMANECER EM SILÊNCIO".

       Vitor Hugo, poeta, dramaturgo, ensaísta, artista, novelista francês. Foi também um grande ativista pelos  Direitos  Humanos.
                   

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Bem-vindos!

                                                     SABE BEM VOLTAR À ESCOLA



Sabe bem voltar à escola.
Sabe bem sair de casa com a mochila cheia de livros novos, de cadernos por estrear.
Sabe bem encontrar os colegas mais crescidos.
Sabe bem pisar o recreio, falar das férias, começar novos jogos.
Sabe bem ver os mapas na sala, as mesas a parecerem mais pequeninas, os livros da biblioteca.
Sabe bem pegar no lápis comprido, muito bem afiado, e começar a escrever, a desenhar, a inventar.
Sabe bem ouvir a professora dizer que temos pela frente um ano cheio de aventuras e descobertas.
Sabe bem ver as primeiras folhas a soltarem-se das árvores e a voarem muito devagarinho, dizendo adeus às férias de Verão.
Sabe bem já sermos tão crescidos!


                                                                                                                      António Mota

terça-feira, 15 de julho de 2014

BOAS FÉRIAS

A equipa da Biblioteca Escolar deseja a toda a Comunidade Educativa umas excelentes férias com muitas leituras .

A Biblioteca sugere para estas férias as seguintes leituras:

sexta-feira, 16 de maio de 2014

ESCOLA INCLUSIVA, SEMANA DA DIFERENÇA DE 26 A 30 DE MAIO

    À semelhança de anos anteriores o Núcleo da Educação Especial vai realizar a Semana da Diferença de 26 a 30 de maio, com demonstração e venda de objetos efetuados por pessoas com necessidades educativas especiais (NEE), exposição de trabalhos, atividades com sentido (paladar e cheiro), dramatização da história "As cordas", pintura mural, hora do conto e demostração da atividade Boccia. Ainda durante esta semana terá inicio uma formação de 25 horas para pessoal docente.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL

Participa no concurso de fotografia digital e entrega os teus trabalhos na biblioteca escolar de 20 a 23 de maio.

O concurso tem 3 categorias:

A - Estilo de vida saudável;
B - Proteção e conservação da natureza;
C - Paisagens geológicas.

Tira uma fotografia e cria uma frase apelativa/slogan.

PARTICIPA!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Biblioteca Escolar, um novo espaço, uma nova dinâmica.

   Cada vez mais a biblioteca escolar está presente e é imprescindível na vida dos seus utilizadores, proporcionando diferentes ambientes de aprendizagem, articulando no desenvolvimento do currículo, sendo essencial no desenvolvimento de competências e contribuindo para o desenvolvimento das crianças  e dos jovens. Hoje a biblioteca escolar tem funções bastante relevantes na luta contra a literacia e no apoio ao acesso à informação. Deste modo esta não pode continuar a ser olhada como um centro de recursos, mas sim como um centro de aprendizagem ao serviço do currículo e corretamente integrada no processo de ensino aprendizagem dos alunos.
    Neste sentido, a nossa biblioteca sofreu algumas alterações que se concretizaram durante a interrupção letiva, por ocasião da Páscoa passando por uma intervenção que veio melhorar o espaço. Criou-se uma zona para o Pré-escolar e 1.º ciclo e aumentou-se  a zona de utilização de equipamento  informático. Os utilizadores têm manifestado o seu agradado por esta intervenção.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Não percas esta oportunidade e vai visitar a exposição que é o complemento da palestra que tivemos na nossa escola



Ao visitares a exposição também podes participar nas atividades de Educação Ambiental que têm a duração aproximada de uma hora e abrangem alunos desde o Pré-escolar ao 12º ano de escolaridade.


A marcação de atividades de Educação Ambiental pode ser feita diretamente através do e-mail do projeto Marlisco.

e-mail: marliscopt@gmail.com



sexta-feira, 4 de abril de 2014

TRADIÇÕES DE PÁSCOA

    Tradicionalmente, para além das amêndoas e dos ovos de chocolate, existe o pão-de-ló e os folares que se oferecem às crianças.
   Antes da Páscoa, na Quaresma, o tempo é de jejum: evita-se comer carne e a ementa das sextas feiras deve ser de peixe, ou melhor, não comer carne. No domingo volta-se a comer carne: cabrito ou borrego, conforme a região, como nos tempos antigos. E os doces claro, que incluem todos os tradicionais e os folares.

Fonte: Portal dos Miúdos


A Lenda do Folar

    A lenda do folar da Páscoa é tão antiga que se desconhece a sua data de origem. Diz a lenda que, numa aldeia portuguesa, vivia uma rapariga chamada Mariana que tinha o grande desejo de se casar cedo. Tanto rezou a Santa Catarina que a sua vontade se realizou, tendo surgido dois pretendentes: um fidalgo e um lavrador pobre, ambos jovens e belos. A jovem voltou a pedir a ajuda de Santa Catarina para fazer a escolha certa. Enquanto rezava, bateu à sua porta Amaro, o jovem lavrador, pedindo-lhe uma resposta até ao Domingo de Ramos. Esta mesma situação repetiu-se com o jovem fidalgo. Mariana ficou muito aflita, pois não sabia o que fazer.
    Quando chegou a Domingo de Ramos uma vizinha avisou Mariana que o fidalgo e o lavrador se encontraram no caminho de sua casa e estavam numa  luta de morte . A rapariga aflita voltou a pedir a ajuda da Santa e acabou por soltar o nome de Amaro, o lavrador pobre.
    Na véspera de Domingo de Páscoa, Mariana estava muito atormentada porque lhe tinham dito que o fidalgo queria matar o jovem Amaro no dia do casamento. Perante esta situação, Mariana voltou a rezar a Santa Catarina e a imagem da Virgem sorriu-lhe. No dia seguinte Mariana foi colocar flores no altar da Santa e quando chegou a casa, verificou que, em cima da mesa, estava um bolo com ovos inteiros, rodeado de flores, as mesmas que Mariana tinha colocado no altar. Correu para casa de Amaro e este disse-lhe que também tinha recebido um bolo semelhante. Pensando que tudo tinha sido ideia do fidalgo dirigiram-se a casa deste para lhe agradecerem. Mas este tinha também recebido o mesmo tipo de bolo. Mariana ficou convencida que tudo tinha sido obra de Santa Catarina.
 
    Inicialmente chamado de folore, o bolo com o tempo ficou conhecido por folar e tornou-se uma tradição que celebra as festividades cristãs  da Páscoa.

Fonte: Infopédia

A BIBLIOTECA ESCOLAR  DESEJA UMA BOA PÁSCOA PARA TODOS.

quarta-feira, 26 de março de 2014

26 de março, DIA DO LIVRO PORTUGUÊS

     A iniciativa da comemoração desta data partiu da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) e teve como objetivo lembrar a importância da Língua Portuguesa e do livro.
    Em 1487 foi impresso o primeiro livro  em Portugal (Pentateuco em Hebraico, impresso em Faro) mas o primeiro totalmente escrito em português foi impresso em 1497 na cidade do  Porto.

Aqui fica um pequeno filme com a história do livro, espero que gostem.

quarta-feira, 19 de março de 2014

DIA DO PAI


   Hoje, dia 19 de março é o Dia do Pai e a Biblioteca Escolar propõe o livro "PÊ DE PAI", que não é propriamente uma história  mas que pode ser um desafio aos pais, que o podem reinventar quando o explorarem com os seus filhos.

   O pai apresentado em cada página deste livro desempenha sempre uma função muito especial e é capaz de se transformar nas coisas mais incríveis, sendo também uma inesgotável fonte de leitura.


   O Dia do Pai começou, de forma institucional nos Estados Unidos da América a ser comemorado a partir de 1972 e foi oficializado pelo presidente, Richard Nixon (Father's Day).
   Em Portugal este dia é comemorado a 19 de março, seguindo a tradição da Igreja Católica que nesse dia celebra o Dia de S. José, marido de Maria, mãe de Jesus.

Outras leituras recomendadas pela Biblioteca Escolar:

- O meu pai, um livro de Anthony Brown, da Editora Caminho;
- O meu pai, de Manuela Bacelar e publicado do Departamento de Educação Básica do Ministério da Educação, Gabinete para a Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré-Escolar.

quinta-feira, 13 de março de 2014

CONCURSO CONCELHIO DE LEITURA "ODEMIRA A LER+"

   Realizou-se no passado dia 12 de março a 2ª eliminatória do Concurso Concelhio de Leitura para apurar os finalistas de cada ano de escolaridade.
   É de referir que foi uma eliminatória renhida o que obrigou o júri a ter de realizar desempate entre concorrentes.
   Aqui fica a lista de alunos apurados para a grande final que vai realizar-se no dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro, na Biblioteca Municipal de Odemira.

3.º ano: Mariana Morais e César Silva (EB1 de Zambujeira)
4.º ano: Luana Piegas e Filipe Nunes (EB1 de S. Teotónio)
5.º ano: Ruben Martins e Lara Alexandre (5.º ano turma C)
6.º ano: Miguel Pereira e Rita Branquinho (6.º ano turma A)

Parabéns a todos os participantes!

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

CARNAVAL

    A origem da palavra Carnaval é controversa. Há quem afirme que no ano de 590 o Papa Gregório I, O Grande regulamentou as datas do Carnaval, e criou a expressão -"dominica ad carne levandas"- que significava (domingo não se come carne), que foi sucessivamente abreviada até a palavra Carnaval. Outros afirmam que a sua origem vem do latim medieval "carnevale" (adeus à
carne) e que tem a ver com o período da Quaresma, ou seja, os 40 dias que vão desde a 4ª feira de Cinzas e o domingo de Páscoa. A quaresma deveria ser o período de penitência  do jejum para preparar o corpo e a alma para a Páscoa. Por isso nos dias que antecediam a Quaresma, a população dedicava-se aos prazeres da carne "carnis vales", sendo que "carnis" significa carne e "vales" prazeres.
    Em Portugal, o uso da expressão Carnaval" só começou a ser conhecida como tal a partir do sec. XIX, ainda que a expressão remonte já à época medieval.
   O Entrudo, a designação tradicional pelo qual ainda é muito conhecida no nosso país, era uma celebração que anunciava a entrada da Primavera, passando mais tarde, a ser atribuído ao período que dava entrada à Quaresma.


Fonte: Wikipédia ; uma-estrela-do-mar blogspot.com

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

WORKSHOP DE ESCRITA CRIATIVA

São como cristal,                                 Workshop de Escrita Criativa
as palavras.                                          Vem  sentir o prazer da escrita
Algumas, um punhal,                             praticando o desenvolvimento
um incêndio.                                         de ideias de forma original.
Outras,                                              
orvalho apenas.                                         Dia 19 de fevereiro pelas 14.30 
 ...                                                             na Biblioteca Escolar
Quem as escuta? Quem
as recolhe, assim,
cruéis, desfeitas,
nas suas conchas puras?

Eugénio de Andrade

DIA DOS NAMORADOS


         O AMOR, quando se revela,
         Não se sabe revelar.
         Sabe bem olhar p'ra ela,
         Mas não lhe sabe falar.

        Quem quer dizer o que sente
        Não sabe o que há de dizer.
        Fala: parece que mente...
        Cala: parece esquecer...

        Ah, mas se ela adivinhasse,
        Se pudesse ouvir o olhar, 
        E se um olhar lhe bastasse
        P'ra saber que a estão a amar!

       Mas quem sente muito, cala;
       Quem quer dizer quanto sente
       Fica sem alma nem fala,
       Fica só, inteiramente!

       Mas se isto puder contar-lhe
       O que não lhe ouso contar,
       Já não terei que falar-lhe
       Porque lhe estou a falar...

                   Fernando Pessoa

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

DIREITOS HUMANOS

Aparece na sala GG no dia 29 de janeiro pelas 14 horas e assiste à sessão de sensibilização "Os Direitos Humanos", dinamizada pela Amnistia Internacional Portugal.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

EXPOSIÇÃO DE EDUCAÇÃO VISUAL

Visita a exposição de trabalhos realizados pelos alunos de 7.º ano em Ed. Visual e que se encontra patente na Biblioteca.